A SOLUÇÃO COMPLETA PARA A SUA OBRA!

Forro de Gesso ou Drywall — Qual Oferece o Melhor Custo-Benefício?

Drywall 28 outubro 2022
forro de gesso ou drywall melhor custo beneficio

Quando falamos em acabamento para teto, é comum pensarmos em decoração e iluminação, mas esse importante revestimento pode esconder fiações elétricas, tubulações, vigas e encanamentos. Além disso, ele disfarça possíveis imperfeições, define o pé direito e impacta na propagação do som.

Se você está em dúvida entre usar forro de gesso ou drywall na sua obra, confira este artigo e entenda:

  • as semelhanças entre o forro de gesso convencional e o drywall;
  • as vantagens e as desvantagens de optar pelo forro de gesso convencional;
  • as vantagens e as desvantagens de escolher o drywall para sua obra;
  • qual é a escolha certa, forro de gesso ou drywall, para ter a melhor relação custo-benefício;
  • a importância de investir em drywall de qualidade para o revestimento de teto da sua obra.

As semelhanças entre o forro de gesso e o drywall

A principal semelhança entre o forro de gesso convencional e o de drywall é a matéria-prima utilizada na sua composição: a gipsita, que também é empregada na fabricação de cimento, giz, vidros e esmaltes. 

As vantagens e as desvantagens de optar pelo forro de gesso

O forro de gesso  são estruturas pré-moldadas, coladas umas às outras por uma massa de gesso e sisal, uma fibra desenvolvida especialmente para a instalação deste tipo de revestimento. As placas que formam essa estrutura têm tamanho de 60 x 60 cm e aproximadamente 2 cm de espessura. Conheça as vantagens e desvantagens de usá-las em uma obra:

Quais são as vantagens do forro de gesso?

A maior vantagem do forro de gesso convencional é seu preço: as placas são mais baratas do que outros materiais utilizados para dar acabamento ao teto. Além disso, por ser mais pesado que o drywall, o forro de gesso oferece maior proteção acústica.

Quais são as desvantagens do forro de gesso?

Entre as desvantagens do forro de gesso convencional está sua instalação, que requer um tempo maior de secagem e exige a contratação de mão de obra especializada para garantir  acabamento mais bonito e uniforme, sem ondulações.

Esse tipo de forro também é mais suscetível a mudanças de temperatura e pode rachar, trincar ou, ainda, apresentar amarelamento e escurecimento devido ao surgimento de mofo.

A aplicação inicial produz bastante sujeira, como poeira e micro resíduos, e o resultado final não permite fácil acesso às fiações internas, sendo necessário fazer uma perfuração no gesso e, após a realização da manutenção desejada, fechar novamente o revestimento, com um novo processo de lixamento e pintura.

As vantagens e as desvantagens de escolher o drywall para sua obra

O forro de drywall é composto por placas de gesso acartonado, fixados à laje por uma estrutura metálica resistente. Cada unidade mede, geralmente, 1,20 x 2,40m e tem espessuras de 12.5mm ou 15mm. Conheça as vantagens e desvantagens de optar por esse material:

Quais são as vantagens do drywall?

A instalação do drywall é uma de suas principais vantagens, isso porque é rápida, o que reduz o tempo de duração da obra, e não gera muita sujeira, se comparada a outras opções de revestimento, como o forro de gesso.

Além disso, o material é menos espesso, o que ajuda a ampliar o espaço vertical interno, e não sofre tanta influência da umidade, sendo mais resistente às exigências do ambiente, como variação de temperatura. Sobre este último item, o drywall é a opção que mais favorece seu controle.

Caso seja necessário fazer manutenção de qualquer item “escondido” pelo drywall, as placas podem ser desafixadas da estrutura de sustentação e recolocadas após a finalização do trabalho, com lixamento e pintura caso seja necessário. Em casos de mudança, o material pode ser removido, transportado e reaproveitado.

Quais são as desvantagens do drywall?

Não é recomendado o uso das chapas de gesso em ambientes externos, uma vez que elas não são resistentes ao contato direto com a água ou com os raios solares. Para o ambiente externo devem ser usadas as chapas cimentícias, que têm tratamento diferente da chapa de gesso acartonado, o que permite que ela fique exposta ao tempo.

Saiba escolher entre forro de gesso ou drywall

Forro de gesso ou drywall: a escolha certa para ter a melhor relação custo-benefício

Apesar de serem feitos da mesma matéria-prima, como você viu, o forro de gesso convencional e o drywall têm características bem particulares. E seu uso oferece vantagens e desvantagens distintas.

Embora o forro de gesso, normalmente, seja mais barato,  quando se consideram  fatores como qualidade, praticidade e agilidade de instalação, o drywall se apresenta como a melhor opção. O material também leva vantagens quando se analisa a facilidade de manutenção e a maior qualidade do acabamento.

A importância de investir em drywall de qualidade para o revestimento de teto da sua obra

Escolher um revestimento de qualidade para o teto dá mais segurança, conforto e requinte a uma construção. Um bom exemplo de modernidade e sofisticação é a possibilidade de criar diversos tipos de rebaixamento de teto com o drywall.

A Plack, empresa especializada em sistemas construtivos, oferece solução completa para instalação de drywall. Obras mais limpas e rápidas, e maior  versatilidade e praticidade nos projetos de construção e reforma são apenas algumas das vantagens de contar com a parceria de quem está há anos no mercado.

Sua escolha entre forro de gesso e drywall ficou mais fácil agora que você sabe que o último oferece uma relação custo-benefício melhor e mais vantajosa. Para se aprofundar no assunto e saber mais sobre sua utilização e acessórios necessários à instalação, conheça os tipos de cantoneira para drywall oferecidos pela Plack.