A SOLUÇÃO COMPLETA PARA A SUA OBRA!

Forro de Gesso Acartonado ou Comum — Melhor Custo-Benefício

Drywall 27 janeiro 2022
Forro de Gesso Acartonado ou Comum — Melhor Custo-Benefício

O acabamento do teto pode fazer toda a diferença no resultado final de um projeto, obra ou reforma. Afinal, ele pode incluir iluminação, texturas e decoração únicas. Além disso, o forro também permite disfarçar ou mesmo esconder tubulações, encanamentos, fiações elétricas e vigas. 

Atualmente, existem duas boas opções no mercado e é preciso escolher entre forro de gesso acartonado ou comum. Cada um deles apresenta características e indicações específicas e você poderá saber mais sobre o assunto neste texto.

O que é forro de gesso acartonado?

O forro de gesso acartonado é um dos componentes do sistema drywall e é obtido pela combinação de gesso natural, aditivos e um revestimento de cartão duplex. Essas características são responsáveis por sua maior resistência à compressão e à tração.

As placas utilizadas no forro de gesso acartonado costumam ser comercializadas nas seguintes medidas:

  • 1,20 m×2,40 m de comprimento, com dimensão total de 2,88 m² e 12,5 mm de espessura;
  • 1,20 m×1,80 m de comprimento, com dimensão total de 2,16 m² e 12,5 mm de espessura.

Leia também: Teto de Drywall: Vantagens de ter no Apartamento ou Casa

Conheça vantagens e desvantagens do forro de gesso acartonado

O forro de gesso acartonado é facilmente encontrado no mercado e oferece fácil instalação e maior conforto acústico. Além disso, apresenta vantagens como:

  • menor tempo de secagem e maior durabilidade quando comparado ao forro de gesso comum;
  • menos peso nas lajes;
  • menos danos causados por variações térmicas;
  • fácil acesso a instalações hidráulicas e elétricas;
  • poder ser removido, transportado e reinstalado em caso de mudança;
  • resultado final e acabamento mais bonitos;
  • indicado para obras e reformas em locais habitados e mobiliados.

Além disso, ele é encontrado em três versões: ST, RU e RF. A primeira, chapa de drywall standard, tem uso indicado para paredes, revestimentos, móveis, divisórias e forros.

O segundo tipo, chapa de drywall RU, é resistente à umidade e pode ser aplicado em locais que sofram mais exposição a líquidos, já que mantém suas características mesmo em contato com vapor, respingos e escorrimentos.

Já a terceira versão, a chapa de drywall RF, é resistente ao fogo e indicada para áreas como lareiras, saídas de emergência, galpões industriais, depósitos de materiais, escadas, cozinhas e salas de TI.

Entre as desvantagens do forro de gesso acartonado estão:

  • preço um pouco mais elevado quando comparado ao forro de gesso comum;
  • não pode ser instalado em ambientes externos;
  • com exceção da sua versão em RU, não deve ser exposto à umidade excessiva;
  • oferece baixa resistência a pancadas e peso em excesso.

Leia também: Veja as Vantagens da Impermeabilização de Parede!

O que é forro de gesso comum?

O forro de gesso comum também é chamado de tradicional, convencional, ou “forro em plaquinha”. Por ser uma alternativa mais antiga, ele é bastante popular e utilizado em diversas obras e reformas. Suas placas podem ser encontradas em tamanhos variados, com espessura média de 2 cm.

A instalação do forro de gesso comum requer o encaixe e a suspensão das placas e as emendas são feitas com uma massa composta por gesso e sisal. Para o acabamento final, é necessário utilizar a massa de gesso.

Leia também: Forro de Gesso ou Drywall — Qual Oferece o Melhor Custo-Benefício

Conheça vantagens e desvantagens do forro de gesso comum

O forro de gesso comum é um antigo conhecido dos profissionais da construção civil. Bastante popular ao longo dos anos, ele tem fácil instalação e aplicação, apresentando vantagens como:

  • custo mais baixo quando comparado ao forro de gesso acartonado;
  • limpeza prática;
  • é facilmente encontrado no mercado.

Entre as desvantagens do forro de gesso comum estão:

  • a necessidade de lixar após a instalação, o que produz bastante sujeira;
  • para evitar amarelamento, é preciso aguardar que seque completamente antes de pintar;
  • maior suscetibilidade a fissuras e trincas em comparação ao forro de gesso acartonado;
  • não deve ser exposto à umidade excessiva;
  • ser pouco resistente a pancadas e peso em excesso;
  • sofrer influência da variação térmica;
  • não permitir fácil acesso a instalações hidráulicas e elétricas;
  • o acabamento precisa ser o mais detalhado possível, assim como os arremates.

Forro de gesso acartonado ou comum: qual apresenta o melhor custo-benefício?

A resposta para essa pergunta se torna mais fácil depois de tudo o que foi exposto ao longo deste artigo. Entre o forro de gesso acartonado e o forro de gesso comum, o primeiro apresenta melhor custo-benefício.

Isso porque sua escolha está relacionada a melhorias como:

  • economia de tempo;
  • aproveitamento de espaço;
  • menor desperdício de material;
  • possibilidades de decoração e iluminação embutidas.

Agora que você já sabe como escolher a melhor opção para sua obra ou reforma, dê um ar diferenciado e mais sofisticado aos seus ambientes: confira sugestões de rebaixamento de teto com o sistema drywall!